quarta-feira, 29 de maio de 2013

TPM

Eu sei que está tudo bem, que a vida esta ótima, talvez parada, mas estamos bem. Estávamos, estamos, ficaremos. Você não precisa gritar, mas pode se quiser. O dia está lindo, mas olhando bem, você está certa, que coisa chata! Concordo com toda a sua revolta, o mundo poderia ser mais fácil. Quem mandou essa calça encolher? Não precisa ter paciência, olha só que milagre, alugaram o seu filme favorito e tem, na geladeira, chocolate suíço. Não precisa abrir o sorriso, continua emburrada, fechando a cara para os meus sentidos. Eu acredito que não é por mal, acredito. Te amo e isso não é castigo. Você esparramada na poltrona, sem questão de disfarçar o pijama, eu sorrio sozinho, me divirto contigo.

Olha o poema que escrevi, não brigue comigo, não é de você que estou rindo, é a felicidade transbordando, logo mais você estará de novo reclamando, então já adianto: você é linda 365 dias por ano. E se vamos sair? Cinquenta e duas roupas no armário não servem, sapatos, saltos, sandálias não prestam. O cabelo lhe parece horroroso, mas já te garanto, difícil seria concordar com a sua opinião e te dar a razão, você é linda e continua sendo, mesmo querendo assassinar-me, continuo feliz sendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário