quinta-feira, 7 de abril de 2011

No balanço da rede

o que diria para você se nos reencontrássemos? fico imaginando tudo que poderia acontecer se nunca levantássemos da nossa rede. estamos ali agora enquanto sonho. estamos olhando para a imensidão do céu, aí me coloco no lugar de onde não deveria ter saído. no ritmo do balanço da rede meus braços te envolvem e te progetem novamente, como se nunca tivéssemos saído dali. como se todas as lembranças fizessem de nós uma brilhante estátua que estivesse ali para lembrar a todos que o amor ainda existe e que o nosso amor é firme e é eterno, como a própria estátua.

vários ventos sompram enquanto o tempo passa. a rede balança e não para. nem meu coração. estamos juntos e não consigo lembrar onde eu estava antes de te encontrar, e não me imagino longe de você, sem você. me acordou e não era um sonho. nossa rotina é amar mais a cada dia, renovando votos todas as noites. estamos na rede. meus braços ainda estão te envolvendo e você me pedindo pra nunca te soltar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário