segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Cais

Mas o que está acontecendo? Ontem bagunçamos toda a casa e eu arrumei, sujamos a cozinha inteira e eu limpei, nos deitamos no chão e sonhamos na cama e agora você sai de fininho deixando o sol entrar e levando consigo minha luz. Qual foi? Você entendeu errado. Eu disse que te queria, que te desejava, que me encantei desde a primeira vez que te vi no balcão do bar. Eu falei que seus olhos combinavam com as minhas cortinas, te levei pra minha casa, pedi pra que tirasse os sapatos e abri um vinho. E eu quis que tudo isso fosse dia-a-dia, mas você entendeu que era amor pra uma noite só. Mas tudo bem, eu tô feliz assim. Dias assim entram pra história. Você não quis ancorar, mas quem sabe um dia atraque novamente em meu cais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário