sexta-feira, 23 de julho de 2010

Pensar em não pensar em alguma coisa

como não pensar em nada? como fechar os olhos e imaginar coisa nenhuma? como ausentar imagens, pensamentos, sonhos? como transceder a própria imaginação e enganar a própria mente? não sei se seria uma conquista digna de louvor ou se qualquer ameba conseguiria pensar em nada. e me desespero quando me toco que estou sempre pensando em algo, estou sempre dando asas a imaginação, dando pernas a criatividade, dando uma mãozinha para os pensamentos. será que não sou bom o suficiente para abstrair e limpar a cabeça ou será que não sirvo nem para pensar em nada? em quê pensar? ou melhor, em quê não pensar?

o vazio. mas o vazio que vejo com os olhos fechados tem cores e elas me remetem a várias coisas. vou me esforçar para tentar não imaginar nem o vazio. apaga-se o vazio.

a solidão. mas a solidão me arremesa junto a tristeza, afogando-me em decadência numa gradação dolorosa. e mais sentimentos e pensamentos me vêm a tona. apaga-se a solidão.

estou pensando em nada? mas como pensar em nada e estar pensando em pensar em coisa alguma? estou ficando confuso e meus olhos cada vez mais embriagados da luz que invade a minha retina.

no que pensar para não pensar em nada? no que fazer para meditar? subtrair e organizar algumas fileiras de memórias úteis e inúteis em prateleiras de dores de cabeça. arquivar a nostalgia e todas as sensações, boas ou ruins. esquecer-se do vazio que a solidão nos traz, nadar para fora desse mar receoso de tristezas e livrar-nos do medo do escuro.

Um comentário:

  1. simplismente, quando não quizer pensar em nada, eleve seus pensamentos para um plano onde te agrade, e não seja nem máximo nem minimo, se é que me entende. Contente-se com o que conseguir. Ng consegue não pensa em nada, nem que seja pensar na vontade de nao pensar.

    ResponderExcluir