segunda-feira, 8 de outubro de 2012

s com som de x

Gosto quando você se esconde atrás das próprias mãos, pensando talvez, que eu não consiga te ver, enxergar seu mundo, que atrás dos seus olhos eu verei as poesias que esconde à respeito desses lindos cabelos.

Engraçado gostar de como você gosta de mim. Eu gosto do quanto você me faz sentir engraçado e da quantidade de vezes que rimos juntos. Gosto de pronunciar seu nome, gosto de chamar por você, gosto de estar em seu quarto, de estar em seus braços, de estar em você.

Mesmo que eu pareça desleixado, mesmo que eu fique um pouco deslocado, gosto de te fazer perder o ar e te arrancar suspiros. Eu gosto mesmo de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário