quarta-feira, 11 de abril de 2012

vírgulas, distâncias e um sonho

Sonhei com você,
mas não posso te confessar que sonhei
com você, eu corro perigo de ser,
e não ser
Ao mesmo tempo, que tenho medo,
me perder em você é, um sonho
Com você, é imprevisível
saber se ,já estamos prometidos
há muito tempo, que eu venho sonhando.
Não sei se foram vários
ou o mesmo sonho sonhado todas as noites
não posso dizer,
que sonhei
com você, eu corro mais rápido
pras distâncias parecerem menores
e o tempo, que te prometi,
prometeu pra mim nunca acabar,
seja paciente
porque eu ainda irei te buscar
sonhei com você
e pensei em dizer
pensei em esquecer
mas não conseguiria em nenhum planeta
não acordar sorrindo
por estar com você.

2 comentários: