quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

sinta se leve se sinta

desate o nó da gravata, tire o paletó e desalinhe essa camisa. largue um pouco seus livros sobre direito constitucional e deixe um pouco de lado essas conversas mascaradas sobre política ou sobre economia.

saia de casa com o mínimo que puder. uma bermuda e uma sandália, poucas idéias na cabeça, e esteja pronto para mudar de opinião, esteja pronto para conhecer alguém e se apaixonar por uma noite. esteja pronto para fazer novos amigos e rever os bons e velhos. saia de casa. feche o que estiver vendo no computador (menos esse blog), desligue a televisão no jornal matinal e acorde seu filho com um milhão de beijos.

não esqueça de passear com o cachorro e de ligar para aquela sua tia que você gosta tanto. fale com seus pais, que são o bem mais precioso que você pode ter na vida. saia de casa pronto para perdoar e aceitar desculpas. saia de casa para fazer o bem, mesmo que você curta várias ondas diferentes, a onda maior é o amor. saia pronto pra amar, e não tem essa de deixar o ódio e a falta de educação em casa, saia de casa com ele e os transforme em tolerância e paciência, porque a escuridão é simplesmente a ausência de luz.

saia de casa, mas antes de sair, faça uma oração! não importa sua religião, contanto que ela te mantenha no caminho da luz, mantendo a linha da paciência firme, está valendo. mesmo assim, com todo o respeito, ainda te digo: Deus quer você ao lado dele!

Nenhum comentário:

Postar um comentário