quinta-feira, 17 de novembro de 2011

jogo fácil, jogo rápido

chocolate quente e filmes da sessão da tarde era o gosto que tinham os nossos encontros, tão desajeitados e acomodados no sofá da sua casa, ríamos das roupas que sua irmã mais nova colocava e desfilava como se fosse uma modelo, de apenas 5 anos.

a chuva era a primeira certeza do dia, em seguida o despertar. era dificil distinguir dia e noite, cedo e tarde, o tempo era igualmente nublado por vinte e quatro horas. a certeza subsequente era que estaríamos juntos, não importa o diluvio que fizesse em frente a minha casa, sempre dava um jeito de ir te ver, agasalhado e protegido contra o resfriado.

não forçamos a alegria, não forçamos nada. entre as paredes da sala de televisão, não importava qual a programação ou o tempo la fora, pra nós era sempre final de campeonato na tv e o sol mais bonito de todos lá fora, porque pra nós dois, cada dia daquela férias que passamos juntos, era o dia mais feliz das nossas vidas. quando ele acabava, vinha outro "dia mais feliz das nossas vidas".

estávamos dispostos e satisfeitos. motivados a nos modelar um ao outro, tantono jeito, quanto nos defeitos. ajustar de um lado para consertar em outro. eramos confidentes e amantes, sorridentes e cantantes. eramos o sol e todas as constelações, eramos tudo um para o outro.

os dois sabiam da necessidade de se aproveitarem. o inverno era a unica estação que eles tinham para se ver, e ele estava chegando ao fim.

Um comentário: