segunda-feira, 20 de junho de 2011

fica mais um pouco, amor

deixa eu segurar o seu braço, com a força necessária somente para te fazer pensar em ficar, para te fazer pensar em aceitar o meu convite. deixa eu sentir a sua respiração de perto, prestar atenção na cor dos seus olhos. você sorriu a noite inteira e eu ao menos sei seu nome. de onde você veio eu também não sei, mas sei pra onde quero te levar, onde quero acabar a noite e começar o dia de amanhã. não me diga que sorriso tão lindo já tem abrigo, e sim, me diz que também passou pela sua cabeça que nós dois combinamos e que juntos faríamos um casal lindo. vai. me deixa ajeitar o seu cabelo e sentir o seu perfume. me deixa te dizer as coisas lindas que pensei a noite inteira, me deixa saber qual seria a sua reação se soubesse que posso ser o cara que morava em seus sonhos quando você ainda acreditava em príncipe encantado. fica mais um pouco, amor. eu ainda não dancei com você.

Um comentário:

  1. Imagine essa situação como real. E ela começa a cantar "Não posso ficar nem mais um minuto com você..." (hehe). Lindo texto, cheio de emoção.

    ResponderExcluir