terça-feira, 10 de agosto de 2010

Graças a Deus

nasceu um novo dia e ele é imenso como o céu, ele é cheio de raios de sol impedidos de passar pela minha janela, ele é imponente e promissor. a noite passara bem e o dia chegara sem qualquer especie de problema. graças a Deus. por tudo. por cada contorno artístico que as nuvens desempenham, por cada pássaro que canta lá fora, por cada pessoa que respira, por cada respirar por pessoa, por cada célular no meu corpo. graças a Deus pelos meus dois braços e minhas duas pernas. graças a Deus por todas as maravilhas oculares da natureza e pela chuva que cai no final da tarde. graças a Deus pelas celebrações e por todas as comemorações diárias, pela minha refeição e pelo meu teto, por todos os sentimentos remanescentes na face da terra. graças a Deus por minha vizinha e o seu rebolado, pelo meu futebol, pelo meu boteco, pela minha família, pelos meus amigos. graças a Deus.

acabou o velho dia que vai para dar espaço para um outro novo. graças a Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário